Deus é a minha justiça

deus-e-a-minha-justica-imagem-3

No primeiro livro de Samuel capitulo 25, a sagrada escritura nos mostra que o futuro rei Davi se sentiu injustiçado, e ficou muito irado por causa do desprezo que ele recebeu de um homem chamado Nabal. Depois do ocorrido entre Nabal e os mensageiros de Davi, o futuro rei decidiu fazer justiça com as próprias mãos. Davi só não foi adiante, e não se vingou de Nabal porque a jovem, e sábia Abigail, interviu na situação.

Quando Abigail foi ao encontro do futuro soberano de Israel, ela já sabia que ia encontrar um homem muito transtornado, que muito provavelmente, já teria planos para se vingar da atitude desrespeitosa do seu marido. Mostrando muita sabedoria e inteligência, Abigail disse para Davi que ele não deveria se vingar de Nabal e fazer justiça com as suas próprias mãos porque, diante do que o esposo dela havia feito para ele, era o Senhor Deus quem haveria de vingar e fazer justiça ao futuro governante de Israel.

Nesse mundo, quantas vezes nós também não somos insultados, afrontados e injustiçados? Esse tipo de situação pode acontecer em qualquer lugar: em casa, no trabalho, na escola, na igreja, na rua, na loja, no transporte, no trânsito…  É claro! Sempre que passamos por algum tipo de afronta ou injustiça, a nossa primeira reação é querer, de alguma forma, nos vingar. Queremos xingar, insultar e, dependendo do caso, até brigar. Entretanto! Conosco isso não deve ser assim. Não devemos em tempo nenhum, perder o controle, e acabar cedendo aos impulsos da nossa natureza carnal. O que temos que fazer, é sempre entregar as nossas necessidades nas mãos do nosso Deus todo poderoso.

É exatamente isso que nos ensina as sagradas escrituras: A primeira palavra que vamos ler, nos mostra como devemos agir nessas situações. Vamos ver: Nunca diga: Vou lhe pagar com a mesma moeda. Vou acertar as contas com ele!!! Provérbios 24 29!! A segunda palavra nos acalma, e nos conforta dizendo: Meus queridos irmãos, nunca se vinguem de ninguém; pelo contrário, deixem que seja Deus quem dê o castigo. Pois as Escrituras Sagradas dizem: “Eu me vingarei, Eu acertarei contas com eles, diz o Senhor. Romanos 12:19. E a terceira palavra nos revela que, se esperarmos pelo Senhor Deus, Ele nos fará justiça e nos dará a vitória. Vamos ver: Não diga: Eu o farei pagar pelo mal que me fez! Espere pelo Senhor, e Ele dará a vitória a você. Provérbios 20:22

Portanto! Se você foi vitima de algum insulto, dano, calúnia, difamação, traição, afronta, desprezo, injustiça ou qualquer outra situação que tenha despertado em você um forte desejo de vingança. Muita calma nessa hora!!! Respire fundo e entregue o seu caso nas mãos do Altíssimo. Depois, se for o caso, procure lutar pelos seus direitos na justiça dos homens. Se a justiça aqui da terra não for o suficiente para te devolver a paz, e acalmar o seu coração, não se desespere. Acredite! A justiça de Deus não falha. O nosso Criador nos disse que, quando entregamos as nossas necessidades nas mãos dEle, Ele cuida da nossa causa, nos conforta, e nos dá a vitória. A prova disso foi o desfecho que teve a mesma passagem bíblica que acabamos de resumir no inicio dessa mensagem. Se você quer ver, se a justiça de Deus funciona ou não, então leia o final do primeiro livro de Samuel capitulo 25.

Um forte abraço, e fique na paz, e na justiça do nosso amado Senhor Jesus.

Edilson Rodrigues Silva

Veja também: