Deus não existe. Ele não gosta de mim

Deus não existe. Ele não gosta de mim

Quando a solução para os muitos problemas do dia a dia começam a tardar algumas pessoas logo pensam que Deus as abandonou ou que Ele não gosta delas. Isso é coisa antiga. Esse tipo de comportamento acompanha o ser humano há muito tempo. Mas isso não é verdade. Ainda que a solução para os nossos problemas tardem o nosso Deus jamais se esquece de nós. Ele sempre está perto. E nós? Será que estamos perto ou longe dEle? Será que Ele tem conseguido ouvir as nossas orações?

8 – Mas Deus nos mostrou o quanto nos ama: Cristo morreu por nós quando ainda vivíamos no pecado. 9 – E, agora que fomos aceitos por Deus por meio da morte de Cristo na cruz, é mais certo ainda que ficaremos livres, por meio dele, do castigo de Deus.10 – Nós éramos inimigos de Deus, mas ele nos tornou seus amigos por meio da morte do seu Filho. E, agora que somos amigos de Deus, é mais certo ainda que seremos salvos pela vida de Cristo.11 – E não somente isso, mas também nós nos alegramos por causa daquilo que Deus fez por meio do nosso Senhor Jesus Cristo, que agora nos tornou amigos de Deus. Romanos 5:8 a 11

Éramos inimigos de Deus. Deus nos tornou novamente amigo dEle por meio do sacrifício perfeito que foi o Senhor Jesus Cristo. O sangue de Jesus é quem consolida essa nova aliança entre Deus e nós. Como pode uma pessoa dizer que Deus não existe ou que Ele não gosta dela. Qual de nós seria capaz de dar a vida do nosso próprio filho ou filha amada para poder reatar a amizade com pessoas que nem mesmo querem saber de nós. Pessoas que vivem murmurando contra nós, pessoas que nos ignoram. Pessoas que cometem crimes, pecados, que são arrogantes, infiéis, sem amor, orgulhosas, interesseiras, egoístas… Pessoas que só pensam em si mesmas. Qual de nós seria capaz de sacrificar um ente tão querido para provar o seu amor por essas pessoas?

Pois é. Deus foi capaz. Ele é amor. E Ele provou isso. Ele fez a parte dEle. Ele nos amou de tal maneira que Ele entregou o seu filho amado para tirar toda e qualquer barreira que impedia Ele de ter uma amizade verdadeira com nós. E nós? O que estamos fazemos para eliminar essas barreiras que nos impedem de desfrutar dessa amizade com o nosso Deus. O Senhor deu o filho dEle em sacrifício para reatar a amizade dEle conosco. E nós? O que estamos sacrificando nas nossas vidas para que possamos conversar com Deus? Os nossos pecados fazem barreira entre Deus e nós. Não é que Deus não exista ou que Ele não olha para nós. São os nossos pecados que nos impedem de ter um contato maior com o nosso Deus. E como eliminar essas barreiras? Podemos resolver isso, primeiro pela confissão dos nossos pecados, depois pelo arrependimento e por fim pelo abandono dos nossos pecados.

Como já foi dito antes. Deus já fez a parte dEle. Ele sacrificou o seu filho amado para reatar a amizade dEle com cada um de nós. Agora é a nossa parte. O que eu e você temos que sacrificar nas nossas vidas para que possamos viver intensamente essa nova amizade com o nosso Deus? Um vicio, um mau hábito, a imoralidade sexual, a pornografia, a masturbação, o adultério, os crimes, a corrupção, a prostituição, a incredulidade, a autossuficiência, a rebeldia, o orgulho, o consumismo, o amor ao dinheiro… Enfim! Agora está em nossas mãos a qualidade do relacionamento que queremos ter com Deus. Quanto mais pecados guardarmos junto dos nos nossos corações, mas distante ficamos do coração de Deus.

Como Ser Mais Feliz

Inscreva-se no nosso canal do youtube:  AQUI!

Um forte abraço e fique com Deus

Edilson Rodrigues Silva

Veja também: