Curso gratuito: Como mudar a sua vida usando a sua fé – Lição 5 – Como desenvolver a fé sobrenatural?

Curso gratuito Como mudar a sua vida usando a sua fé - Lição  1 - O que é a fé

Lição 5 – Como desenvolver a fé sobrenatural?

Conservemos os nossos olhos fixos em Jesus, pois é por meio dele que a nossa fé começa, e é ele quem a aperfeiçoa. Ele não deixou que a cruz fizesse com que ele desistisse. – Hebreus 12:2

Deus fez a promessa a Abraão e jurou cumpri-la. E, como não havia ninguém maior do que ele mesmo, Deus jurou pelo seu próprio nome. 14 – Ele disse a Abraão: “Eu prometo que abençoarei você ricamente e lhe darei muitos descendentes.” 15 – Abraão teve paciência e por isso recebeu o que Deus havia prometido. 16 – Quando alguém jura, usa o nome de uma pessoa que é maior do que ele, e o juramento acaba com qualquer discussão. 17 – Deus quis deixar bem claro aos que iam receber o que ele havia prometido que jamais mudaria a sua decisão. Por isso, junto com a promessa, fez o juramento. 18 – Portanto, há duas coisas que não podem ser mudadas, e a respeito delas Deus não pode mentir. E assim nós, que encontramos segurança nele, nos sentimos muito encorajados a nos manter firmes na esperança que nos foi dada. 19 – Essa esperança mantém segura e firme a nossa vida, assim como a âncora mantém seguro o barco. Ela passa pela cortina do templo do céu e entra no Lugar Santíssimo celestial. 20 – Foi lá que, para o nosso bem, Jesus entrou antes de nós. E ele se tornou para sempre o Grande Sacerdote, na ordem do sacerdócio de Melquisedeque. – Hebreus 6:13 a 20

A fé sobrenatural deve ser sempre apoiada na Palavra e no poder de Deus. A Palavra do Senhor Jesus deve ser sempre a nossa âncora e alicerce fundamental. À vontade e o coração do homem são muito inconstantes. A fé poderosa é aquela que é apoiada não em alguma qualidade ou vantagem humana, mas sim, exclusivamente na Palavra, na força e no poder de Deus. Tem que ser assim porque Deus é a única força e poder que não muda jamais. Se não apoiamos a nossa fé na Palavra de Deus e no seu forte poder nós vamos fica oscilando de um lado para o outro. Ora acreditaremos na materialização das bênçãos ora duvidaremos de tudo. 

Um exemplo bem clássico é quando Pedro começou a andar sobre as águas. Enquanto Pedro estava com os olhos, coração e mente focados em Jesus, ele andou sobre as águas. Ele viveu o maravilhoso e o sobrenatural. Mas quando Pedro olhou para si, para a tempestade e para o seu medo, ele tirou o foco de Jesus e vacilou. Pedro deu mais atenção às coisas naturais, à tempestade e aos ventos contrários, como consequência disso ele afundou. Por isso o Senhor Jesus nos alertou: 

4 – Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não permanecer na videira, assim também vós, se não permanecerdes em mim. 5 – Eu sou a videira; vós sois as varas. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. – João 15:4 e 5

É isso! Quanto mais confiantes e dependentes nós formos de Deus, de Jesus, do Espirito Santo de Deus, da Palavra e do poder de Deus, maior será a nossa força e poder para materializar as bênçãos de Deus nas nossas vidas. Vamos agora conhecer outra maneira que podemos usar para desenvolvermos a nossa a fé sobrenatural. Esse outro método baseia-se na confirmação da ação de Deus nas nossas vidas.  Vamos aprender como conhecer o Deus poderoso que habita e anda conosco. Muitas pessoas procuram, mas poucos o encontram. Para entendermos melhor esse assunto vamos usar as palavras de um homem que, verdadeiramente conheceu o Deus que está na vida todos nós. 

Agora eu te vejo com os meus próprios olhos. – Jó 42:5

Jó não estava vendo Deus com os olhos dele quando Ele falou isso. Jó havia recebido uma revelação do Espirito Santo de Deus que o levou a ver Deus pelos olhos espirituais. Na sua confissão Jó deixa bem claro que, mesmo tendo ele no passado conseguido conquistar coisas e bens como: ter uma família abençoada, ser honrado, ter propriedades e bens variados, ele só conhecia Deus de ouvir falar. Como é esse negócio de conhecer a Deus só de ouvir falar?

 

Para explorar esse assunto vamos fazer uma pequena ilustração:

1 – João ouviu dizer que Deus ajudou José a comprar uma casa nova.   Sabendo disso João começa a procurar a Deus para pedir ao Pai, que ele também o ajude a comprar a casa que ele tanto deseja. João ora a Deus, louva, glorifica, vai à igreja, faz jejum e a casa não vem… João reclama que está demorando, ele murmura, desanima e depois, como a casa não vem, João deixa tudo pra lá e desiste da casa, e também de procurar a Deus. 
João representa a pessoa que conhece a Deus só de ouvir falar. João estava com Deus enquanto existia a possibilidade dele conseguir do Senhor a casa que ele tanto queria. Como isso não aconteceu João abandonou a Deus. Isso é o que acontece quando conhecemos a Deus só de ouvir falar: Nós só conhecemos o Deus que age na vida do outro.  

Antes eu te conhecia só por ouvir falar, mas agora eu te vejo com os meus próprios olhos. Por isso, estou envergonhado de tudo o que disse e me arrependo, sentado aqui no chão, num monte de cinzas.” – Jó 42:5 e 6

O que o Espirito Santo de Deus revelou para Jó naquele dia foi algo muito maravilhoso. Foi algo tão impressionante e simples que fez com que Jó se arrependesse na hora de ter pensado ou falado alguma coisa contra Deus. Jó já havia reconhecido antes que, nada para Deus era impossível, e que ninguém poderia impedir os planos de Deus. Foi quando o Espírito Santo de Deus revelou o plano de Deus para Jó. Quando Jó recebeu aquela revelação o coração dele estremeceu de alegria e por causa disso ele disse:

Antes eu te conhecia só por ouvir falar, mas agora eu te vejo com os meus próprios olhos. – Jó 42:5 e 6

Como dizem as Escrituras Sagradas: “O que ninguém nunca viu nem ouviu, e o que jamais alguém pensou que podia acontecer, foi isso o que Deus preparou para aqueles que o amam. ”10 – Mas foi a nós que Deus, por meio do Espírito, revelou o seu segredo. O Espírito Santo examina tudo, até mesmo os planos mais profundos e escondidos de Deus. 11 – Quanto ao ser humano, somente o espírito que está nele é que conhece tudo a respeito dele. E, quanto a Deus, somente o seu próprio Espírito conhece tudo a respeito dele. 12 – Não foi o espírito deste mundo que nós recebemos, mas o Espírito mandado por Deus, para que possamos entender tudo o que Deus nos tem dado. 13 – Portanto, quando falamos, nós usamos palavras ensinadas pelo Espírito de Deus e não palavras ensinadas pela sabedoria humana. Assim explicamos as verdades espirituais aos que são espirituais. – 1 Coríntios 2: 9 a 13

Qual foi a maravilhosa revelação que o Espirito Santo de Deus havia entregado para Jó? 

 

Vamos fazer mais uma ilustração: 

2 – Jó ouviu dizer que Deus ajudou José a comprar uma casa nova.   Sabendo disso Jó começa a procurar a Deus e pedir para que o Senhor também o ajude a comprar a sua casa. Jó ora a Deus, louva, glorifica, vai à igreja, faz jejum, se santifica e a casa vem. Aleluia! Glórias a Deus! Obrigado Senhor! Jó fica muito feliz e agradecido. Jó faz isso por muito tempo. Jó começa a prosperar como ninguém. Jó faz muito sucesso e se torna um dos homens mais honrados e importantes da sua época. Tempos depois acontece alguma coisa de muito ruim na vida de Jó e ele perde tudo. Jó perde a casa dele, as propriedades, os animais, a família, os bens e até a sua própria saúde. E o que Jó faz?  Jó não murmura. Jó não abandona a Deus. Jó sofre. Jó geme. Jó clama. Jó se humilha. Um dia, depois de passar por tanta dor e sofrimento, lá no coração dele o Espirito Santo de Deus lhe faz uma linda revelação: 

Querido Jó, Deus nunca te abandonou. Calma! Apenas creia. Deus está sempre ao seu lado. Assim como Ele esteve com você no passado Ele está contigo hoje. Assim como o Senhor te abençoou com saúde, fartura e muitos bens no passado, ele te dará hoje. Por isso Jó creu e reconheceu que a presença de Deus sempre esteve na vida dele, e que o Senhor jamais o tinha abandonado no passado, e que não o abandonaria no futuro.    

Como podemos usar esse tipo de fé na nossa vida? A primeira coisa que temos que fazer é localizar algumas das grandes bênçãos que já recebemos do nosso Deus.  Procure lembrar-se de alguma cura de doenças, livramento de acidente, em casa, no trabalho, na rua ou no trânsito, mudança de vida, alguma conquista muito importante, aquela vitória inesquecível, aquela ideia maravilhosa, livramento de más companhias, de relacionamentos destrutivos, de invejas, de fracassos, de dores, de todo tipo de problema.

Muito bem. Agora que você já conseguiu identificar um ou muitos fatos que indicam a grande presença de Deus na sua vida, mantenha o foco em um dos eventos. Vamos pegar, por exemplo, um livramento de um acidente de trânsito onde você teve a certeza de que, se Deus não tivesse intervindo poderosamente ali naquela situação, você não estaria mais aqui para contar a sua história. 

Agora medite da seguinte forma: O Deus tremendamente poderoso que agiu ali naquele dia te livrando milagrosamente da morte, é o mesmo Deus que está agindo na sua vida ainda hoje. Deus não muda. Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre. Então qual é a grande e poderosa conclusão que você deve ter? O mesmo Deus que me deu aquele poderoso livramento também já me curou, já me livrou das drogas, abriu as portas da minha vida financeira e profissional, devolveu a paz para a minha família e casamento, já libertou a minha filha ou filho da imoralidade sexual, já me deu a minha empresa, já me fez prosperar, já abençoou poderosamente o meu ministério, já resolveu aquela questão na justiça, já me libertou do vicio da bebida, do cigarro, da pornografia, já me libertou da mentira, da inveja, do orgulho, da arrogância… E assim vai. É só você ter fé e não duvidar que assim acontecerá. Pronto! Agora você já não conhece mais a Deus só de ouvir falar, agora você também já o conhece de ver. É esse mesmo Deus que agiu no passado que está agindo hoje em todas asa áreas da sua vida. 


Você também pode desenvolver a sua fé usando a determinação no nome do Senhor Jesus.

Eis que vos dei autoridade para pisar serpentes e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; e nada vos fará dano algum. – Lucas 10:19

Determinar é ordenar. Como ainda vamos ver mais a frente, todas as nossas bênçãos já estão no coração do nosso Deus, quando pedimos com fé que o Senhor nos dê algo, Ele nos dá. Entretanto o diabo fica sempre nos rodeando para roubar as nossas bênçãos e também tudo àquilo que pode nos fazer felizes e realizados.

Uma maneira excelente de desenvolver a fé sobrenatural é usar o poder que Jesus já nos deu e, assim que sentirmos algo de estranho acontecendo em qualquer área da nossa vida, determinar que o diabo, no nome do Senhor Jesus Cristo, saia das nossas vidas, do nosso ministério, da nossa inteligência, da nossa sabedoria, da nossa prosperidade, da nossa saúde, do nosso emprego, do nosso trabalho, da nossa esperança, da nossa fé, da nossa casa, da nossa comunhão com Deus, da nossa castidade, da nossa vida sexual, das nossa atitudes, do nossos pensamentos, das nossas emoções, do nosso casamento, do nosso namoro, dos nossos talentos, da nossa disposição, da nossa criatividade, dos nossos caminhos, dos nossos bens espirituais e materiais, da nossa alegria, da nossa felicidade e de todas as áreas da nossa vida…. Enfim! Localizou algum ponto da sua vida que está ficando fraco, desanimado e sem vida é o sinal de que o diabo está atacando ali. E para colocar ele para fora das nossas vidas, devemos e podemos sim, no nome do Senhor Jesus Cristo, mandar o diabo embora e ordenar que ele não volte nunca mais.

Como Ler e Entender a Biblia com mais Facilidade 

Curso de Bacharel em Teologia – Saiba mais << AQUI >> 


Lição 4         Lição 6

Veja também: